quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Minha única droga e meu único vício

Hoje quando abri meus olhos, senti o medo brotando dentro de mim. Ah, como eu queria ter o sentido antes! Como eu queria ao menos um sinal seu.
Passei a vida toda perdido em meio aos enganos que me faziam enroscar pelo caminho, mas minhas certezas sempre batiam em minha porta, e eu? Eu seco, sempre as mandava embora. Agora percebo como o inverno chegou mais cedo em minha vida - E você não está aqui para ajudar a derreter todo esse gelo do meu coração, me envolvendo no calor de seus abraços.
Eu não queria que tudo tivesse terminado assim. Me perdi, te perdi! Perdi da forma mais estúpida qual alguém poderia perder. Me afundei em minhas próprias escolhas e hoje eu sigo só. Vejo folhas caindo por onde passo, ouço os ruídos de meus passos, isso me faz sentir ao máximo essa solidão... isso aumenta esse medo, congela ainda mais o meu coração, apagando a sua chama. "Soltei tua mão e hoje não lhe encontro!"
Ah meu amor, meu único e verdadeiro amor... queria você de volta, mas sei que te magoei e seu perdão está tão longe. Acreditei em outras pessoas, enquanto você era a única que me dizia aquilo que eu precisava ouvir, você era minha única verdade. Agora eu corro em desespero, mas coloquei a corda em meu próprio pescoço, fui eu quem escolhi assim.
Passei tanto tempo ao seu lado e agora não posso mais te segurar, não posso te ter por perto, você está muito distante. E eu continuo batendo minha cabeça pelas esquinas, em busca do meu caminho, procurando em cada rosto seu olhar e em cada palavra o seu amor.
E hoje tenho a coragem de dizer toda a verdade, dizer que estraguei minha vida... nossas vidas. Eu sempre soube que sensações boas eu só sentiria ao seu lado, mas ignorei isso. Me deixei levar por coisas tão pequenas, um vício tão imbecil, mas agora eu sei o que realmente me fazia feliz, era você, só você; e hoje você é minha única droga e meu único vício.

"Agora eu acordei, estou aqui... e você, onde está? Vem logo, por favor... aqui faz muito frio sem você."

Thumbing My Way (Pearl Jam)
Arrumando Meu Caminho

(...) I can't see what's next, from this lonely overpass
Eu não consigo ver o que está por vir, desta passagem solitária
hang my head and count my steps, as another car goes past
de cabeça baixa e contando meus passos, é mais um carro passando
all the rusted signs we ignore throughout our lives
todos os sinais enferrujados que nos ignoramos por toda nossas vidas
choosing the shiny ones instead
Em vez deles escolhemos os brilhantes
i turned my back, now there's no turning back
Eu mudei minha direção, agora não há como voltar
no matter how cold the winter, there's a springtime ahead
Não importa quão frio seja o inverno, há uma primavera adiante
i smile, but who am i kidding?
Eu sorrio, mas quem estou enganando?
i'm just walking the miles, every once in a while i'll get a ride
Eu estou percorrendo as milhas, de vez em quando eu pego uma carona
i'm thumbing my way back to heaven
estou arrumando meu caminho de volta ao céu.


























Minha única droga e meu único vício (28/06/2009) - Isabelle Dias

7 comentários:

lucas disse...

caramba como é bom ver o Pearl Jam (minha banda pre dileta! =p) te inspirando!!
espero ver outras histórias baseadas em músicas, tanto do pearl jam como de outras bandas!

LOVE!

Pensamentos de uma mente cor-de-rosa disse...

q bomm q gostou do texto q postei =]]]

e q bom q tens tua 'metade da laranja' e melhor ainda q n és babá dela hahaha
=D bjaumxx

dá passada no blog d vez em qnd q tenho coisas bem..hm...inusitadas pra postar =D
bjaumxx flor
e adoreii teu texto

Rívia Petermann disse...

Eei
Belo post...
penso que não devemos conter os vícios;contê-los nos aprisiona ainda mais ás suas memórias!

Adorei o blog!
beejoo

A MOÇA disse...

Isa... Tuas letras são tão suaves!
Linda... :)

Adoro vir aqui!

Véu de Maya disse...

Isabelle!

Páscoa feliz, com poesia, alegria e feicidade e chocolates no seu coração.

beijinho

cássia disse...

Que texto mais lindo. E tô indo AGORA baixar essa musica. Desculpa a demora, eu tô tão distante de tudo ultimamente ): beijos

Priih disse...

nossa, amei esse espaço. espero que você continue escrevendo. vou favoritar com certeza. Obrigada por deixar um comentário por lá. ADOREI!