sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

É o novo minha gente

Um dia você precisará deixar de ser envolvido pelas asas de alguém, e então sair de seu casulo e voar sozinho. Guiar a própria vida, esse é o segredo. Todos precisamos passar por isso, mas tudo fica tão oco quando chega esse momento. Primeiro vem a euforia, a vontade de tomar seu próprio rumo, logo depois independência, e por fim o vazio. Paramos e pensamos: Não é fácil viver por si. Quero voltar para meu casulo.
Sinto muito, é tarde demais. Os rumos estão tomados, então segue a vida e aceita tudo com a cabeça erguida. Luta com força e preencha todo esse coração com aquilo que é novo, e podem ter a certeza que o novo atrai muito mais. Excita, ferve aqui dentro e nos joga para lá e para cá. O novo é a melhor coisa que nos acontece.
Mas posso confessar uma coisa? Agora que conheço o novo me desespero às vezes, mas sei que isso é preciso, pois não há nada como os anseios, e esse mistério que pula em meu peito. E assim vou de pouquinho em pouquinho acostumando-me, mas acreditem, é uma luta diária. Apenas algo torna-me cada vez mais perseverante (eu acredito): Todos os dias acordo com a autentica vontade de uma menina-mulher sendo desvendada; Sair de casa para descobrir o mundo.
[...]
"Sou assim, um furacão. Tudo tem que ser pra valer, caso contrário, nada me serve. Eu preciso sentir, preciso saber, existir para mim vai além. Se viver fosse apenas uma saída, eu iria preferir não ter conhecido nosso mundo. Deus sabe o que faz, e porque faz."
[...]

Certo dia disseram-me: Você precisa deixar de ser tão intensa, assim acaba se magoando e esperando muito de tudo, de todos, sempre esperando.
E eu permaneci calada, pensei nisso por bastante tempo, então disse - não sei se tão segura quanto queria ou precisava - mas disse: Quer saber coração, me deixa vai, você me fez assim, agora aguenta bonitão. Essa intensidade toda vem de você, agora me diz, quem precisa deixar de ser tão intenso nessa história toda, me diz?

Ele calou. E está assim até hoje: Intenso!

Isabelle Dias

8 comentários:

disse...

Olám vi seu post na comunidade do Caio!

Lindo seu Blog... Vou ler aos pouquinhos...

"Só enquanto eu respirar, vou lembrar vc.." disse...

Raraaaaaaaaaaaaaaa hj que vi que vc é minha visinha!!!!!!!!!!!!!!!eu tbm sou de guarulhos do jd tranquilidade!!!!e vc???

Beijos meus

Antonio Castro disse...

Nossa, gostei muito daqui também. O texto... muito bom. Ganhou seguidor :)

Jamille disse...

"Todos os dias acordo com a autentica vontade de uma menina-mulher sendo desvendada; Sair de casa para descobrir o mundo." Eu tb...rs!

Lindo seu blog =)

Beijo

Véu de Maya disse...

Olá Isabelle!

Li seu textinho com atenção...apreciável bravura...sermos nós próprios, é a coisa que nos dará mais equliíbrio.
Suas visitinhas ao meu blogue me dixam contente...dada a pureza que transmite em seus comentários...Que seja sempre muito feliz...tenha um Natal como muita saúde, paz e felicidade.
beijinho,

Véu de Maya

Véu de Maya disse...

faça as erratss...por favor.

Véu de Maya disse...

queria dizer: faça as erratas...

Fala Sério! disse...

paraabeens
o texto é oooooootimo! seguindo com certeza!